Nota de Repúdio - Ditadura jamais!

O Partido Verde da cidade de São Paulo, vem a público manifestar o mais profundo repúdio as falas do Presidente Jair Bolsonaro, que ontem flertou com o golpismo,  pedindo a volta da ditadura e do AI-5.


Todos os limites foram ultrapassados. No momento que o Brasil precisa de unidade para enfrentar um inimigo invisível (COVID-19), o Presidente da República semeia desunião e cria inimigos ocultos, dissemina informação falsa e comete crimes contra saúde pública.


Todas as forças democráticas brasileiras devem se unir para combater o avanço do autoritarismo e das práticas que contrariam a ciência, que podem levar a morte milhares de cidadãos.


A república não pode aceitar que um presidente descontrolado, use de práticas populistas para jogar a população contra os governadores, prefeitos, judiciário e o  poder legislativo.


Os números da pandemia avançam, mesmo com altos índices de subnotificação, já estamos com mais de 3 mil mortos, notícias de relaxamento do isolamento são frequentes, aqui em São Paulo, diversos hospitais já estão com 100% de ocupação dos leitos, e mesmo diante de um quadro dramático como este, temos que despender nossas energias para conter os atos de uma seita liderada por um lunático.


Esse fim de semana, diversas carreatas em defesa da ditadura, atrapalharam o trânsito de ambulâncias, chegamos ao cúmulo de um desses atos se concentrarem na frente de hospitais, com buzinaços e fechamento das entradas.


Não podemos aceitar que uma minoria imponha aos brasileiros e paulistanos, a cultura da morte, do ódio e da paranoia. 


Propomos a todos que sabem das consequências nefastas dos anos que vivemos na ditadura, que deixem as diferenças de lado, o momento exige, que todos líderes políticos, da sociedade civil, bem como, os representantes dos Poderes Legislativo e Judiciário, sem juntem em defesa defesa da Vida e da Democracia.


Viva a Vida!

Política de Privacidade

Contato

Av. Nove de Julho, 3786 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01406-000, Brasil

AVATAR PV NEGATIVO.png

PV Nacional: www.pv.org.br