O que o Brasil pode esperar da Cop25?

A esta Conferência da ONU sobre Mudança Climática (COP25), o país chega sem o protagonismo que tinha. Destacamos os principais pontos negativos e positivos do nosso papel na luta contra a emergência climática.


O Brasil é o sétimo maior produtor mundial de gases de efeito estufa. Vale destacar que entre os aspectos negativos, que nós iríamos sediar a Cop 25, mas o presidente Jair Bolsonaro cancelou o evento, durante a campanha eleitoral do ano passado ele afirmou que sairia do Acordo de Paris sobre o clima. Além disso, ele enfraqueceu o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) por causa de supostas estatísticas manipuladas sobre o desmatamento e cortou fundos para programas de proteção climática.


Nosso principal problema é o desmatamento,  nossa meta era reduzir em 80% em comparação à média dos anos 1996-2005. Ou seja, até 2020, o desflorestamento deveria ser de no máximo 3.900 quilômetros quadrados por ano, um objetivo longe de ser alcançado. De agosto de 2018 a julho de 2019, foram desmatados 9.762 quilômetros quadrados e, de agosto a outubro deste ano, já foi desmatado o tanto que foi estimado para o período até julho de 2020.


Apesar das ações obscurantistas do atual governo, temos pontos positivos para enumerar, o principal é que atingiremos a a meta de 45% de energia limpa, vale lembrar que 47% da energia produzida vem de fontes limpas, enquanto 85% vem de fontes renováveis . São estatísticas de ponta em termos globais. 


Nos últimos dez anos, o Brasil esteve entre os três principais países em termos de investimento em energia eólica, que no ano passado superou as usinas de combustíveis fósseis pela primeira vez, com uma participação de 10% na geração de energia. 


Também vale destaque a indústria do etanol,  investimos em agrocombustíveis desde a década de 1970, nossa frota de automóveis flex, que podem usar tanto gasolina como etanol ou uma mistura dos dois em qualquer proporção, é única no mundo.


Entre avanços e retrocessos, temos que encontrar saídas para combater a onda negacionista que atingi o atual governo, através de políticas de incentivo nos estados e municípios podemos reduzir os danos que são causados pelo Governo Federal.
 

Política de Privacidade

Contato

Av. Nove de Julho, 3786 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01406-000, Brasil

AVATAR PV NEGATIVO.png

PV Nacional: www.pv.org.br