Partido Verde entrou com ação no STF


O Partido Verde entrou com ação no STF para pedir explicações ao Palácio do Planalto sobre a militarização das políticas federais para a Amazônia, sob o comando de Mourão, de seu Conselho da Amazônia e da Operação Verde Brasil. A relatora da ação, ministra Cármen Lúcia, fez aquilo que se espera em qualquer processo judicial movido contra uma autoridade: pediu explicações.

Em um post no Twitter, Heleno questiona o pedido de Cármen Lúcia em tom jocoso. "Perdão, cara Ministra, se a Sra. conhecesse essa área, sabe qual seria sua pergunta: 'O que seria da Amazônia sem as Forças Armadas?'", escreveu o general.

Heleno repetiu as bravatas de sempre, questionando as críticas de investidores e empresas internacionais à situação ambiental do Brasil, que seriam motivadas por interesses comerciais para prejudicar o país. Ele também refutou a campanha #DefundBolsonaro, dizendo que o vídeo viralizado nas redes teria "várias informações (...) fabricadas, mal intencionadas", mas não se dignou a apontar quais delas. Outro alvo do general aposentado são as "ONGs", um dos bichos-papões preferidos deste governo: para Heleno, o acordo comercial Mercosul-União Europeia não pode ser ameaçado "por influência de ONGs que não têm compromisso com nada, são francos atiradores"

Nós do Partido Verde da cidade de São Paulo reforçamos a ideia apresentada pela ação do Partido Verde, não podemos deixar de cobrar explicações sobre a militarização das políticas ambientais.

Política de Privacidade

Contato

Av. Nove de Julho, 3786 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01406-000, Brasil

AVATAR PV NEGATIVO.png

PV Nacional: www.pv.org.br